OBJETIVOS GERAIS

Avaliar as variações na biota do ELPA em resposta à mudanças de longo prazo na hidrologia relacionadas a fenômenos climáticos e ação humana durante o período de 1998-2015.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

a) Avaliar a influência de fenômenos naturais e antrópicos sobre a hidrodinâmica (descarga, fluxo e tempo de residência) do ELPA, e sua ação sobre a variabilidade da salinidade, material em suspensão e clorofila a;


b) Avaliar a variabilidade espacial e temporal de médio e longo prazo no estuário da Lagoa dos Patos e região costeira adjacente, dos nutrientes inorgânicos dissolvidos, fito-, zoo- e ictioplâncton, vegetação aquática submersa, macrofauna bentônica, camarão-rosa, peixes e cetáceos, em resposta a fatores ambientais e antrópicos;


c) Avaliar a variabilidade de macroalgas de deriva e o efeito de seu acúmulo sobre o as pradarias de fanerógamas submersas e macrofauna bentônica;


d) Avaliar os fatores de influência, padrões e a freqüência de recrutamento do ictioplâncton, peixes e do camarão-rosa Farfantepenaeus paulensis no ELPA e desenvolver um modelo híbrido capaz de prever a abundância de recrutas do camarão-rosa F. paulensis no ELP, considerando aspectos biológicos e climáticos;


e) Identificar e quantificar, através da técnica de isótopos estáveis (δ13C e δ15N), as principais fontes de carbono utilizadas pelo macrozoobentos, crustáceos decápodes e peixes de importância sócioeconômica (siri, camarão-rosa, tainha, corvina), além de predadores de topo (botos) no ELPA;


f) Avaliar, através da técnica de isótopos estáveis (δ15N), variações temporais nos processos de eutrofização que ocorrem no ELP e região costeira adjacente;


g) Verificar diferenças sazonais na dieta dos botos e utilizar a razão Ba/Ca em dentes de botos, como indicador de mudanças de salinidade no ELP;


h) Determinar a ocorrência de peixes exóticos provenientes dos cultivos aquáticos continentais e de espécies invasoras de ambientes límnico em função do aumento das chuvas e descarga fluvial no sistema do ELP;

 

i) Identificar as comunidades de fitoplâncton na região do ELPA com base na composição dos pigmentos fotossintéticos e acessórios diagnósticos (quimiotaxonomia);

 

j) Avaliar a produção secundária dos principais componentes do zooplâncton (holoplâncton);

 

k) Avaliar a contribuição dos fundos vegetados para os estoques de carbono orgânico em áreas rasas do ELP;

 

l) Avaliar a variabilidade sazonal da composição e abundância da macrofauna bentônica do meso e supralitoral da Praia do Cassino, adjacente ao ELP;

 

m) Desenvolver um Modelo Baseado no Indivíduo (MBI, Individual Based Model (IBM, em inglês) para avaliar o transporte de ovos e larvas de peixes no ELP;

 

n) Avaliar as variações de longo prazo na estrutura da assembléia de peixes e na disponibilidade de pós-larvas de camarão-rosa na zona de arrebentação da Praia do Cassino, adjacente ao ELP;

 

o) Determinar os elos tróficos dominantes entre produtores primários e consumidores (invertebrados e peixes) na Praia do Cassino, adjacente ao ELP;

 

p) Avaliar se o padrão de ocupação do ELPA pelos botos é alterado em anos de El Niño, com pluviosidade elevada.