Ecologia do Zooplâncton Marinho e Estuarino

 

Estudos sobre a ecologia dos organismos zooplanctônicos do estuário da Lagoa dos Patos e zona costeira adjacente vem sendo desenvolvidos pelo laboratório de zooplâncton da FURG desde o final dos anos 70. Atualmente o Laboratório conta com uma estrutura física de aproximadamente 216 m2, divididos em laboratórios úmido e de microscopia, laboratório para análise de biomassa, laboratórios de cultivo de zooplanctôn e fitoplâncton, laboratório para processamento e armazenamento de amostras assim como uma área externa para preparo de campanhas. As atividades atuais são coordenadas por 2 pesquisadores e 1 técnico com a participação de alunos de graduação, mestrado, doutorado e pós doutorado.

Os projetos de pesquisa são desenvolvidos principalmente no Estuário da Lagoa dos Patos e zona costeira adjacente, mas participações em campanhas oceanográficas na costa brasileira, Antártica e transoceânicas também são realizadas. A maioria das pesquisas visa estudar de forma integrada a contribuição do zooplâncton nos processos de transferência de energia para os diferentes níveis tróficos assim como a resposta dos organismos as mudanças devido a alterações químicas, físicas, biológicas e ambientais. Neste contexto, as seguintes linhas de pesquisa são desenvolvidas. 1. Monitoramento; 2. Produção secundária; 3. Influência de parâmetros químicos, físicos, biológicos e ambientais na distribuição, composição e abundância do holo e meroplâncton; 4. Cultivo de organismos zooplanctônicos para uso em aqüicultura e bio-ensaios;

 

 

 

                                 VISTA GERAL DO LABORATÓRIO DE ZOOPLÂNCTON MARINHO